A + Pesquisar no site A -

Medicina Dentária ao Domicílio

Em Portugal, as alterações demográficas tem contribuído para um aumento exponencial da população idosa.

Muitos pacientes em Portugal não tem acesso à Saúde Oral, em particular as pessoas idosas, por estarem frequentemente incapacitadas para se deslocarem a um consultório.

Por outro lado, culturalmente, e infelizmente, a saúde oral é tendencialmente menosprezada.

Na população idosa, são frequentes os distúrbios cognitivos e motores,  com impacto na higiene dentária.

O acesso ao Médico Dentista permite avaliar todos os problemas da boca, realizar diagnósticos das patologias, e definir um plano de tratamento e acompanhamento.

A Saúde oral é definida pela OMS como sendo a ausência de dor crónica facial e na boca, de cancro oral e da garganta, de feridas orais, de defeitos congénitos orais como o lábio e/ou fenda palatina, de doença periodontal, de perda de dentes e, outras doenças e perturbações orais que afectam a cavidade oral e a boca.

Os problemas mais comuns que surgem com o envelhecimento são a falta de higiene dentária, dificuldade na alimentação (alterações funcionais da mastigação ou consequência de outros problemas), a dificuldade na fala com impacto na comunicação, perda de dentes, com necessidade de implantes ou próteses dentárias ajustadas, as cáries, a doença periodontal (das gengivas), o mau hálito, abcessos dentários,  o desgaste dentário, o cancro oral, a boca seca, as mucosas sensíveis e finas, alteração da cor dos dentes e diminuição do paladar, e ainda possíveis efeitos laterais ou adversos da poli-medicação.

Para além de contribuir para dificuldade na alimentação, uma má saúde oral, tem impacto na auto-estima e nas interações sociais.  Por outro lado, é conhecida a relação entre problemas dentários e doenças cardíacas , respiratórias,  neurológicas ou endocrinológicas como a diabetes.

Na Miminho aos Avós Gaia, dispomos de uma equipa de Medicina Dentária dotada de equipamento portátil ultramoderno que permite realizar procedimentos no domicílio, como limpezas, restaurações, remoção de dentes, etc.

Possibilitamos a consulta do Médico Dentista ao domicílio ou instituições como Lares, com o objectivo de promover a qualidade de vida e a saúde oral no idoso não autónomo.

Além de tratar a pessoa idosa, a visita do Médico Dentista permite ainda contribuir para a implementação de medidas preventivas e promoção da educação do Cuidador, informal ou formal, da pessoa idosa, elemento frequentemente crucial para a manutenção da higiene oral da pessoa idosa.

A primeira consulta de Medicina Dentária ao Domicílio permite avaliar e diagnosticar os problemas da cavidade oral, a sua elegibilidade para tratamento no domicílio, o plano de tratamento, e a elaboração do respectivo orçamento.

Na Miminho aos Avós, a Medicina Dentária ao Domicílio é da responsabilidade da Dra. Vânia Barros

Um lar, um idoso, uma dependência, a familia.  Somos a Solução