A + Pesquisar no site A -

Ressuscitação prolongada reduz risco de morte em paradas cardíacas

Uma pesquisa realizada por cientistas americanos revelou que o prolongamento das técnicas de ressuscitação em pacientes que sofrem paragens cardíacas reduz o risco de morte.
Entre os anos 2000 e 2008, os pesquisadores identificaram 64.339 pacientes com paragens cardíacas em 435 hospitais dos Estados Unidos. Ao examinar os dados, os cientistas descobriram que, enquanto a maioria dos pacientes foi ressuscitada depois de um período curto de tempo, cerca de 15% dos pacientes que sobreviveram à paragem cardíaca precisaram de pelo menos 30 minutos para que o pulso voltasse. Os pesquisadores também calcularam a duração média dos esforços de ressuscitação para os que não sobreviveram, para medir também a taxa de sucesso de um hospital ao tentar ressuscitar um paciente por mais tempo.

 

http://www.correiodoestado.com.br/noticias/ressuscitacao-prolongada-reduz-risco-de-morte-em-paradas-car_159740/

Imagens

Um lar, um idoso, uma dependência, a familia.  Somos a Solução