A + Pesquisar no site A -

Pequenas caminhadas reduzem risco de diabetes tipo 2

O estudo refere que os idosos são particularmente suscetíveis à ocorrência de distúrbios no controlo dos níveis de açúcar após as refeições, devido à resistência à insulina nos músculos e também a uma lenta ou baixa secreção de insulina pelo pâncreas. Um nível elevado de glucose no sangue após as refeições é um fator de risco para a progressão de pré-diabetes para diabetes tipo 2 ou doença cardiovascular.

O estudo apurou que fazer três caminhadas diárias de 10 minutos foi tão eficaz a reduzir os níveis de glucose durante 24horas como uma caminhada de 45 minutos do mesmo nível de intensidade. Foi também observado que o período de tempo mais eficaz na redução da glucose foi após a refeição da noite. O aumento exagerado da glucose após esta refeição, muitas vezes a maior do dia, perdura muitas vezes durante a noite e na manhã seguinte. Contudo, estes níveis diminuíram logo após os participantes terem iniciado a sua caminhada.

Apesar de os resultados ainda terem de ser confirmados, num estudo de maior escala, estes achados têm grande importância a nível de saúde pública. Na verdade estes indicam que prática de pequenas doses de exercício repetidas várias vezes ao dia têm grandes benefícios no controlo da glucose no sangue dos idosos.


Imagens

Um lar, um idoso, uma dependência, a familia.  Somos a Solução