A + Pesquisar no site A -

Cinco dicas para ter os ouvidos em forma.

Cinco dicas para ter os ouvidos “em forma”Em contagem decrescente para a estação mais quente do ano, a preocupação recai inevitavelmente sobre o desejo de ter um corpo saudável. E os seus ouvidos? Já verificou se estão igualmente “em forma”?

Para que também eles sejam autênticos “veraneantes”, sem sofrerem quaisquer lesões nesta época, conheça as cinco dicas da GAES – Centros Auditivos, essenciais para viver o verão em pleno!

1. Limpe bem os ouvidos depois dos mergulhos: se a água penetrar no ouvido, limpe-o com uma toalha e deite-se sobre o lado afetado, para que a água saia - se não for retirada, pode danificar a barreira de cera, que deixa de ser eficaz na sua função protetora. Nunca é de mais relembrar que o risco de otites aumenta até 70% no verão.

2. Se for amante de desportos náuticos, use protetores auditivos: especialmente aconselhados para quem passa muito tempo dentro água, evitam que a água penetre no canal auditivo, prevenindo infeções, micoses e outras doenças causadas pelas diferentes bactérias presentes na água.

3. Afaste-se das colunas nos festivais de verão: Num concerto de rock, o som pode facilmente atingir os 110-120 decibéis (dB), o equivalente ao designado “limiar da dor”. Sabe qual é o tempo máximo recomendado de exposição diária a este valor de intensidade de pressão acústica? Apenas 15 minutos!

4. Masque pastilha elástica, se viajar de avião para o seu destino de férias: as variações na pressão atmosférica que ocorrem durante uma viagem de avião podem provocar lesões no aparelho auditivo. Fazer movimentos de mastigação amplos ou mascar uma pastilha elástica são aconselháveis, sobretudo durante a descida, altura em que a pressão aumenta (a chucha e o biberão são boas alternativas no caso dos mais pequenos).

5. Evite usar cotonetes: em vez de cumprir a função que lhe é usualmente atribuída – a de limpeza – o cotonete empurra a cera para dentro do ouvido, fixando-a, não raras vezes, junto ao tímpano. Resultado? A membrana timpânica pode deixar de vibrar corretamente e provocar perda da capacidade auditiva. A usá-los, só na área externa!

“O verão é a altura ideal para programas familiares na praia ou na piscina, que exigem cuidados redobrados com a saúde dos ouvidos, sobretudo das crianças, que adoram passar horas infindáveis dentro de água. O cumprimento destas dicas/recomendações pode impedir o aparecimento de infeções ou dores nos ouvidos que estraguem as férias”, afirma Alexandra Marinho, audiologista e especialista da GAES – Centros Auditivos.

 

In: Vitalhealth

Um lar, um idoso, uma dependência, a familia.  Somos a Solução