A + Pesquisar no site A -

O frio já chegou!

TermómetroA descida das temperaturas exige cuidados redobrados para que a sua saúde, não se ressinta. Se é idoso, portador de doença ou se tem um bebé, a atenção deve ser reforçada.

Prepare-se antes… lendo as seguintes recomendações gerais.

Em casa:

  • Antes de chegar o inverno, verifique os equipamentos de aquecimento da sua casa;
  • Se tiver lareira mande limpar a chaminé, se necessário;
  • Mantenha a casa arejada, abrindo um pouco a janela/porta para evitar acumulação de gases;
  • Feche janelas e portas para evitar a entrada de ar frio e a saída do calor acumulado;
  • Não use fogareiro a carvão;
  • Mantenha a temperatura da sua casa entre os 19º C e os 22º C. Sugestão: poderá instalar um termómetro em local visível;
  • No caso de prever-se a aproximação de um período de grande frio ou neve forte, faça as suas compras alimentares e outras que cheguem para um período de 2 a 3 dias, para evitar ter de sair de casa;
  • Verifique ainda a necessidade de botijas de gás suplementares;
  • Verifique se tem medicamentos suficientes;
  • Evite dormir/descansar muito perto do aquecimento;
  • Não fique descalço no chão frio ou molhado por muito tempo;
  • Promova boa circulação de ar, principalmente durante a noite, não fechando completamente os quartos, mas evitando correntes de ar frio;
  • Poupe energia. Sugestão: desligue os aparelhos elétricos quando não estiver em casa. Utilize-os de forma criteriosa devido ao risco de sobrecarga do quadro;
  • Atenção! A utilização de botijas de água quente deve ser feita sempre sob vigilância para evitar o risco de queimadura.

 

Atenção ao vestuário:

  • Cubra as extremidades (mãos, pés, cabeça);
  • Use roupas folgadas e calçado adequados à temperatura ambiente, protegendo as extremidades;
  • Não use roupas justas pois dificultam a circulação sanguínea;
  • Use várias camadas de roupa em vez de uma única muito grossa;
  • Use roupas de algodão e fibras naturais.

Os cuidados de higiene:

  • Mantenha a higiene pessoal;
  • Tome banho com água morna, porque água muito quente remove a camada protetora natural da pele;
  • Mantenha a pele hidratada. Hidrate todo o corpo não esquecendo mãos, pés, cara e lábios;
  • Quando tomar banho, embrulhe-se na toalha e/ou tenha a sala aquecida;
  • Dica: aumente a capacidade de enfrentar o frio, através da exposição controlada ao frio, utilizando duches frios inicialmente rápidos, após o banho quente. Depois aumente o tempo de banho frio, à medida que for se acostumando.

Alimentação:

  • Coma com mais frequência. Sugestão: encurte as horas entre as refeições;
  • Coma mesmo que não sinta muita fome, em especial sopas e bebidas quentes (por exemplo, leite ou chá);
  • Se a sua saúde o permitir, inclua moderadamente na sua alimentação alimentos calóricos como chocolates, azeite, frutos secos;
  • Evite bebidas alcoólicas. Estas causam aquecimento, mas provocam vasodilatação com perda de calor e arrefecimento do corpo;
  • Coma alimentos ricos em vitaminas e sais que protegem contra infeções;
  • Abstenha-se de produtos nocivos como o cigarro, bebidas alcoólicas e drogas.

Não se esqueça do exercício físico!

  • Deve manter a prática de exercício físico, pois este aumenta a produção de calor e a circulação de sangue;
  • Não fazer exercício físico intenso ou ao ar livre e evite arrefecer com a roupa transpirada no corpo;
  • Faça pequenos movimentos com os dedos, os braços e as pernas. Estes gestos evitam o arrefecimento do corpo;
  • Continue a beber água durante a atividade física para evitar a desidratação.

Atenção especial às pessoas sós/isolada

  • Os familiares, amigos e vizinhos têm um papel importante. Sugestão: faça um telefonema ou contacte pelo menos uma vez por dia com pessoas sós/isoladas;
  • Certifique-se que eles se encontram de boa saúde e em condições de conforto.

Cuidados reforçados aos Grupos Vulneráveis.

As pessoas idosas…

  • Os familiares, amigos e vizinhos têm um papel importante, devendo visitar ou telefonar às pessoas idosas para prestar ajuda e verificar o seu estado de saúde e conforto;
  • No caso de se prever a aproximação de um período de grande frio ou neve forte, faça as suas compras alimentares e outras que cheguem para um período de 2 a 3 dias para evitar ter de sair de casa;
  • Verifique se tem medicamentos suficientes;
  • Coma mesmo que não sinta muita fome, em especial sopas e bebidas quentes (por exemplo, leite ou chá);
  • Beba líquidos mornos;
  • Durante os períodos de grande frio, permaneça em casa;
  • Se tiver de sair de casa: use roupas quentes, sapatos impermeáveis e antiderrapantes, chapéu, luvas e cachecol;
  • Não durma muito perto do aquecimento;
  • Faça pequenos movimentos com os dedos, os braços e as pernas, pois estes evitam o arrefecimento do corpo.
  • Atenção aos doentes cardíacos, vasculares, com insuficiência respiratória, reumáticos e diabéticos…
  • Siga as recomendações gerais (parte 1) e, se necessário, aconselhe-se com o seu médico ou enfermeiro de família.
  • Certifique-se também que tem sempre consigo os medicamentos necessários.

Nota: Para além das recomendações anteriores, tenha em conta as recomendações da Direção-Geral da Saúde para se proteger da gripe. Para mais informações ligue para a Linha Saúde 24 - 808 24 24 24. Para situações de emergência ligue 112.

Bibliografia: Direcção-Geral da Saúde (2012), Recomendações Gerais para a População em Períodos de Frio Intenso - Orientação nº 017/2012 de 25/10/2012. Lisboa: DGS.

Um lar, um idoso, uma dependência, a familia.  Somos a Solução